Seja muito bem-vindo ao Copo de Letras!! Sirva-se sem moderação. ;)

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Daqui pra frente

http://www.youtube.com/watch?v=Bh8NPfAzO1M


 Navegando no oceano vazio
 que ficou dentro de mim
 descobri o quanto errei
 ao pensar que seria fácil.
 E nos reflexos das águas
 Revi a nossa vida, como um filme.
 Hoje
 Só existem vultos indecifráveis
 E ecos perdidos dos sonhos que tivemos
 Mas
 Eu não vou lhe pedir para voltar,
 Não éramos tão felizes assim...
 E eu não vou confundir o nosso passado
 Com a minha carência.
 Agora eu tenho é que redesenhar
 O mapa do meu coração,
 Percorrer tudo,
 Sem evitar sequer uma gota dessa solidão
 E reconstruir a rota da minha felicidade que,
 Eu sei,
 Está dentro de mim.

3 comentários:

leca disse...

Libertas, ainda que tardia...
Não. mil vezes não
Nunca é tarde para aprender, empreender, a vida segue a passos celeres, não desperdiçe estes minutos.
Beijo beijo

Anônimo disse...

Lud, bebi de uma golada só!
Adorei!!!!
Valquiria

Ludmila Clio disse...

Ah, querida! Sinta-se à vontade, esse cantinho é nosso! Muito obrigada pela força, e "que" força!!!

Bjão!