Seja muito bem-vindo ao Copo de Letras!! Sirva-se sem moderação. ;)

terça-feira, 24 de julho de 2012

Atração de Almas




O cotidiano mais rotineiro da semana.
Em meio a palavras comuns,
a plenitude de um encantamento;
o imprevisível tornou-se inevitável.
Foi, então, que consegui ler a solidão infinita
que, como um enigma, em teu olhar triste,
trouxe dor à minha alma.
Teus olhos pedem-me colo,
teu sorriso é um apelo de carinho.
Corpo e alma com sede, sede de amor,
sede do toque, da cumplicidade,
da simbiose.
O que te agride, me fere.
O que te felicita, me dá paz.
A tua tristeza me abate
como o espelho e seu reflexo,
como a ação e a reação.
Quantos passos separam-me de ti?
Quanto falta para tocar-te?
Deixa eu ir...
... teus olhos me procuram,
dizendo que me desejas.
Deixa eu ir...
... já não posso mais parar,
A tua alma atrai a minha.

Um comentário:

Leca Nunes disse...

Quantos passos separam-me de ti?
...quantos ventos permitirão a nossa aproximação??? são passos e vendavais, mas nada impossivel se desejarmos.
beijo beijo minhaslus