Seja muito bem-vindo ao Copo de Letras!! Sirva-se sem moderação. ;)

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Ensaio sobre a Cegueira




Excepcionalmente, ontem tive que sair de casa às 04:20h da madrugada. Como é por volta desse horário que o meu sono chega, eu não dormi, emendei.

Ainda estava escuro, era noite. As estrelas ainda salpicavam o céu. 

Fiz todo o meu trajeto observando as pessoas à minha volta e minha alma gritava, horrorizada, dentro de mim: 'quanta apatia em seus olhos! Essa é a rotina delas!'

Eu ansiava em ver o Sol rompendo o céu. Quando ele finalmente começou a sair, eu me senti tão bem! O olhei enquanto pude, minha alma sorriu, maravilhada. Mas reparei que as pessoas continuavam com seus olhares inertes, para o celular, conversando com alguém, para o nada, engolidas pela repetição da 'vida'.

Então eu orei bem baixinho: 'Deus, cegue os meus olhos se em algum dia eu me tornar indiferente a um milagre tão espetacular desse. Tenha misericórdia dessas pessoas e, por favor, não me deixe nunca ficar como elas. Amém.'

Nenhum comentário: