Seja muito bem-vindo ao Copo de Letras!! Sirva-se sem moderação. ;)

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

A primavera não espera



"- Você se equivocou. Deu boas vindas à primavera ontem, dia 21 de setembro, mas ela só começa amanhã, dia 23."

Ora, ora. Que lapso o meu! Um leitor atento me corrigiu. Como pude me confundir? 21 de setembro não sempre foi o clássico primeiro dia primaveril?

Não me livro do bicho homem, sempre com essa mania de achar que controla o incontrolável, que determina o indeterminável. 

"-Me desculpe. É que as flores, por aqui, estão explodindo já há algum tempo. Mesmo entre as avenidas, sob viadutos, perto do asfalto quente ou dos semáforos, não importa. Para qualquer lugar que eu olhe, elas estão lá: grandes, imponentes, coloridas e vaidosas. Quem há de dizer a elas para esperarem pelo 23 de setembro, se elas não esperaram nem pelo 21!! Marque aí no teu calendário, amigo. Mostre a elas. Enquanto isso, vou adorando daqui a beleza multicor dessas delicadas flores, pisando sobre o chão amarelo, coberto de ipês. Que estupidez a delas, não esperaram pela data oficial... eis que por aqui, há muito, já é primavera!"

Nenhum comentário: