Seja muito bem-vindo ao Copo de Letras!! Sirva-se sem moderação. ;)

quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Estrelas



O que vou contar agora aconteceu quando eu tinha uns 14, 15 anos.
Era janeiro, alto verão e eu estava veraneando na casa de uns amigos dos meus pais.
Toda noite íamos pra calçada, em frente à casa.
Eles ficavam papeando e eu, única adolescente do meio deles, ficava perto, mas no meu mundinho.
Numa dessas noites, abri a cadeira de praia e me deitei nela, fiquei de cara para o céu.
Um vizinho escutava uma música romântica, nas alturas.
Eu me desliguei das vozes falando perto de mim e fiquei ouvindo a música e olhando para o céu.
De repente acabou a energia.
Ouvi aquele "uuuh" geral, de toda a rua.
As luzes todas se apagaram, mas o que eu vi, instantaneamente, foram centenas de pequenas estrelas surgirem no negro céu.
Foi lindo e ninguém que estava ali comigo percebeu.
Naquela noite eu vi que luzes artificiais nos cegam para as estrelas e que algumas só brilham quanto maior for a escuridão.

Nenhum comentário: