Seja muito bem-vindo ao Copo de Letras!! Sirva-se sem moderação. ;)

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Farelos




Eu e esse meu olhar clínico,
que capta todo sentimento fora de lugar.
Sim, me incomodo com os amores desperdiçados,
com os olhares mendicantes,
com o descompasso sentimental.
Sinto toda a infelicidade alheia
quando pouso meus olhos em amores que não amam.
Às vezes me atrevo a querer salvar as pessoas,
mas a vida tem me ensinado que elas não querem ser salvas.
Elas sabem que estão onde não deveriam estar,
mas ali ficam, por covardia de lutar por um amor que transborda.
Contentam-se com farelos 

e quem morre de fome sou eu.

Nenhum comentário: