Seja muito bem-vindo ao Copo de Letras!! Sirva-se sem moderação. ;)

domingo, 7 de outubro de 2012

Sob efeito da Dor

http://www.youtube.com/watch?v=52Bk-iMtBoU


Ah, se essa dor se desviasse do meu caminho
Se meu coração se esquivasse dessa dor,
Que vem tão feroz em minha direção,
Que me abraça, ainda que eu a rejeite,
Que me sufoca o grito de socorro, em seu peito congelante
e me rouba até as lágrimas.
Não, não consigo chorar,
apenas sinto todo o aperto e a dor.
A dor de uma saudade de quem ou daquilo eu nem sei,
Uma insatisfação com toda a realidade à minha volta
Uma angústia exasperante que me toma inteira
A vontade de um amor que eu não sei por quem
Essa dor avassaladora sem escrúpulos ou medidas
Atropela tudo, cega meu coração e o aperta, sem piedade
Há o que possa tirar-me deste fim?
Há o que possa livrar-me desta ausência de amor,
dessa sobra de dor?
Há quem virá abraçar-me, atrair-me em certezas?
Há quem me prenderá no profundo dos olhos,
sem intenções de escravizar-me?
Não sei.
Ah, se essa dor se desviasse do meu caminho
Se meu coração se esquivasse dessa dor,
Mas ele não me quer, ele não me ama
Ele me trai e se joga intensamente, em direção a ela,
a ela que vem e me rouba de mim mesma.
Estou com a alma indiferente à vida,
Mas se eu chorasse, alguém ouviria?
Decerto que não.
E nem a dor passaria.
Ela invadiu-me como uma injeção na veia
E ficará viva em mim por toda essa noite,
que acabou de começar.

Nenhum comentário: