Seja muito bem-vindo ao Copo de Letras!! Sirva-se sem moderação. ;)

quarta-feira, 20 de julho de 2016

O que o silêncio não diz


Eu te procurei para me encontrar
porque perdida estou em mim mesma
Eu te procurei porque, dos meus fracassos,
teus olhos são os únicos
que ainda me fazem acreditar na última chance
Eu te procurei porque de longe sou muralha,
mas de perto não passo de um amontoado de pedrinhas tristes
Talvez de mim só reste um livro
Uma faísca
Memórias bobas
Uma intenção estranha de felicidade
Oh, eu queria saber
o que fazer para comover Deus,
se não sinto mais o gosto de vida no paladar do meu coração
Se o silêncio não me diz nada
e me confunde se está te trazendo
ou te levando para sempre
Se a exasperação é normal e ninguém compreende
Pensam que sou louca, exagerada
Que deveria viver minha vida
sem ficar pensando no que o silêncio não diz
Oh, Deus! Eu imploro!
Diga-me como posso comover Teu coração
Leia minhas lágrimas, já não tenho argumentos
Minha vida tem sido escuridão absurda
e eu estou cansada, gravemente ferida,
mas ninguém pode saber
Que eu te procurei
porque precisava de um raio de Sol
para derreter a falsa felicidade
espalhada sobre minha carne petrificada.

2 comentários:

Kleidianne Nogueira disse...

"Vou orar por você"

RS

Quanta entrega!

Ludmila Clio disse...

Ironia mode on!

#Oremos